"descapando" discos de rock, sempre em listas top 10 | por Ziegler, Zé Mário e Lex

COQUETEL

Na sexta-feira, dia 8, foi publicado mais um post que assino como colaborador para a Rádio UOL. Em COQUETEL deste mês escrevi sobre o carnaval e suas musas. Espero que curtam. Para ler o conteúdo na página da Rádio UOL clique aqui.

para PULAR o carnaval

Contagem regressiva. Às seis e um da noite desta sexta-feira as canetas cairão. O esperado momento de relaxar e encontrar com os amigos chegou. Alguns dos destinos serão o litoral, São Luiz do Paraitinga, e o Rio de Janeiro. Iniciam-se os dias de euforia coletiva. Chegou a hora de rasgar a fantasia. Fica no ar aquela falsa impressão de que agora “tudo pode”. Que maravilha, e boa sorte se você acredita nisso.

Além dos excessos, há também o grande destaque: a musa do grêmio recreativo. No quesito criatividade a nota sempre é DEZ. Vale desde mulher com nome de fruta, planta, legume ou flor, e pseudocelebridades emergentes que aparecem. As opções de bizarrices para chamar a atenção e ser escolhida a capa da revista da semana que vem são inúmeras. Troco todas elas por mulheres que saibam tocar guitarra, baixo, bateria, que cantam e atendem pelo próprio nome.

le_butcherettes_sin_sin_sin

Na minha comissão de frente viria Teri Suarez, do Le Butcherettes. A banda surgiu no México e desde 2009 está radicada em Los Angeles. No figurino das apresentações ao vivo estão roupas dos anos 50. Toda forma de encenação é válida, como uso de sangue falso, farinha e ovos. Dançarinas contratadas aparecem apenas de avental e segurando espanadores. No final uma delas mostra para a plateia uma cabeça de porco decapitada. O ato expressa a liberdade das mulheres frente aos afazeres domésticos. Alegorias e fantasias: DEZ.

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

Omar Rodriguez-Lopez, do The Mars Volta, ajudou a banda a assinar contrato com grande gravadora, produziu o single “Henry Don’t Got Love”, e gravou o baixo em todas as músicas de Sin Sin Sin.
.

sleeper_agent_celabrasion

A segunda banda a desfilar é Sleeper Agent. O projeto surgiu como dupla formada pelo guitarrista e vocalista Tony Smith e Justin Wilson, na bateria. As primeiras apresentações foram desastrosas, e a necessidade de novos integrantes foi imediata. Josh Martin assumiu a segunda guitarra, Lee Willians ficou no baixo e Scott Gardner com os teclados. A “evolução” deslanchou na avenida com Alex Kendel nos vocais. Ela foi descoberta por Smith e Wilson em um bar onde trabalhava como barista. Uma vez por semana Kendel realizava pequeno show interpretando músicas de Adele. Samba enredo: TRÊS E MEIO. Conjunto: nota DEZ.

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

No meio da música a voz de Tony Smith fica parecida demais com a de Jack White, ex-The White Stripes, não?
.

the_breeders_lsxx

E o estandarte de ouro vai para as meninas das Breeders. Em 2013 serão comemorados os 20 anos de Last Splash. A turnê mundial LSXX está confirmada, e em abril chegará às lojas deluxe edition do cultuado disco. Com a festividade, o melhor aconteceu. Os quatro integrantes que participaram das sessões de estúdio estarão juntos novamente: as irmãs Kim e Kelley Deal, nas guitarras; Josephine Wiggs, no baixo e Jim Macpherson, na bateria.

the_breeders_last_splash

Last Splash é impecável da primeira à última música. Nele estão os sucessos “Divine Hammer”, “Saints”, e o mega hit “Cannonball”, eleito também em 1993 The Single Of The Year, pela New Musical Express. O clipe foi dirigido em parceria de Kim Gordon, do Sonic Youth, e pelo iniciante Spike Jonze, diretor de Onde Nascem Os Monstros.

Vale torcer para a turnê passar pelo Brasil. Em 2008 The Breeders foi uma das atrações principais de um dos grandes festivais que acontecem em São Paulo no segundo semestre.
.
Sobre os dias de folia, a dispersão tem hora para começar e não para terminar. O que eu farei durante o recesso? Tudo para fugir do congestionamento nas estradas, da falta d’água, que é a grande roubada no litoral em feriados prolongados, além da prática de preços abusivos que impera. Nota: ZERO. Vejo com bons olhos aproveitar o que São Paulo tem para oferecer, uma vez que o trânsito estará melhor, e filas para cinema, teatro e restaurantes estarão abaixo da normalidade para os padrões da cidade. Imagino a festa.
.
Lex é designer gráfico, produz e apresenta a dose_INDIE há quase quatro anos e SEMPRE “pulou” o carnaval.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: