"descapando" discos de rock, sempre em listas top 10 | por Ziegler, Zé Mário e Lex

Posts marcados ‘Graham Coxon’

COQUETEL

No dia 3, segunda-feira, foi publicado meu primeiro post como colaborador da Rádio UOL. Em COQUETEL, referência a simpática brochura passa-tempo, escreverei sobre bandas indie e não-indie. A proposta é encontrar relação entre suas histórias, mesmo que seja apenas pelo tema escolhido. Espero que curtam. E fica a dica: “dar a segunda” pode ser tão bom ou MELHOR que a primeira. Para ler o conteúdo na página da Rádio UOL clique aqui.

.
Let me try AGAIN

Tentar novamente não significa que a primeira vez não foi boa. Se deu certo, por que não melhorar? No mundo da música não é diferente. Tanto para o bem como para o mal as duas possibilidades acontecem com frequência. Está certo. Concordo que ocorre mais para o mal, mas ficar apenas na dúvida muda alguma coisa?

Os irmãos Jake e Orrall Jamin arriscaram. Jeff The Brotherhood foi o primeiro projeto desenvolvido pela dupla. Desde o início, em 2002, os lançamentos de seus discos foram independentes.

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

Paralelamente a isso, em 2003, com Jonas Stein, na guitarra e Jemina Pearl, no vocal, surgia Be Your Own Pet, segunda tentativa dos irmãos. O primeiro single “Damn Damn Leash” entrou para a programação da Radio One, da BBC; Be Your Own Pet, homônimo de estreia foi produzido por Steve McDonald, de Redd Kross e Thurston Moore, ex-Sonic Youth, era fã declarado.

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

Dez anos depois que começaram, em julho, Hypnotic Nights, de Jeff The Brotherhood, veio com assinatura da Warner na contracapa.

.
Agora imagine três amigas e quatro bandas. Muita coisa? Cassie Ramone, Katy Goldman e Fiona Campbell tiraram de letra. Vivian Girls é o projeto em comum.

The Babies aconteceu da parceria de Ramone com o amigo Kevin Morby, de Woods. La Sera surgiu da iniciativa de Goldman e Brady Hall, diretor de vídeo, e Couting ultrapassou as limitações geográficas. Campell é da Nova Zelândia e Madison Farmer de Memphis.

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

Atualmente Ramone e Campbell curtem férias, mas não duvido que elas já estejam preparando algumas demos para o próximo trabalho de Vivian Girls enquanto Goldman realiza turnê de Sees The Light que foi lançado em março.

.
Graham Coxon e Damon Albarn, de Blur, também tentaram. Coxon primeiro. Em 1998 ele lançou solo The Sky Is Too High.

Com o fim do britpop e dos anos 90 o passo seguinte para Blur seria explorar sonoridades. 13 realizou sonho antigo de Damon Albarn, que era soar como americano.

Antes de mais um disco, Albarn arriscou pesado em projeto inovador. Gorillaz, desenvolvido em parceira de Jamie Hewlett, foi o primeiro disco bem sucedido da história da música gravado por “banda virtual”.

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

O Marrocos foi escolhido para as sessões de Think Tank, sétimo registro de estúdio de sua banda principal. O que prometia ser realmente inspirador ficou resumido a diferenças artísticas, somadas aos problemas com álcool de Coxon. Em 2003 sua saída da banda foi a novidade não esperada por nós, fãs.

Blur continua tentando e ensaia volta definitiva desde 2009. Bem menos que o desejado, uma coisa ou outra de material inédito tem aparecido, como “Fool’s Day,” gravada em 2010 exclusivamente para Record Store Day, evento que celebra a arte da música, e No Distance Left To Run, documentário e registro de show.

Julho foi mês de duas novidades. Primeiro veio “Under The Westway,” single com “The Puritan” no lado b e depois Blur 21, caixa com toda a discográfica remasterizada, mais as sobras de estúdio, gravações inéditas, registro em vídeo de shows e clipes raros. Tudo isso para a merecida comemoração de mais de duas décadas de história. Antecipei para agosto meu presente de Natal e a minha caixa já está em casa.

Arriscar, tentar novamente não é fácil. A dúvida em agir aumenta e tem a insegurança como parceira quando o projeto principal de uma banda ou cantor solo é bem sucedido. Por outro lado quem estiver disposto a correr o risco sabe que o resultado compensará qualquer sacrifício. Não serve como fórmula de sucesso, mas estar comprometido com a ideia supera inclusive a maior dificuldade, muito usada como desculpa: a falta de tempo.

.
Lex é designer gráfico, escreve para o Dezcapas.wordpress.com, produz e apresenta a dose_INDIE há três anos e está tentando mais uma vez.

BLUR e demais projetos

Situações recentes ajudaram pela escolha do setlist. Uma foi sobre lançamento de box que acontecerá em julho. A outra foi por causa de clipe que assisti. Somei mais dois integrantes às informações e resultou a dose_INDIE Blur e demais projetos desenvolvidos por Graham Coxon, Alex James, Damon Albarn e Dave Rowntree.

01 – Blur – Fool’s Day

Desde 2009 a banda ensaia volta definitiva. Com o desenrolar dos fatos (melhor explicado no final do post) talvez ela nunca aconteça. Em 2010 nós fãs fomos presenteados com “Fool’s Day” gravada exclusivamente para o Record Store Day, evento que reune artistas e celebra a arte da música. O single foi lançado no formato 7” e tiragem limitadíssima de 1000 unidades.

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

02 – The Ailerons – Dig A Hole

Projeto desenvolvido por Charity Hair, Daniel Beattie, Grog Prebble, Mike Smith e Dave Rowntree. Quando lançada “Dig A Hole” foi single da semana no iTunes inglês e disponibilizada gratuitamente para download. Ela faz parte do EP Left Right.

03 – Graham Coxon – Bottom Bunk

Em carreira solo Graham Coxon conseguiu o que sua banda apenas chegou perto com Blur, de 1997, soar como americana. Happiness In The Magazines, de 2004, é meu disco preferido.

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

04 – Me Me Me – Hanging Around

Banda formada por Stephen Duffy; Justin Welch, baterista de Elastica; Charlie Bloor e Alex James. “Hanging Around” foi música encomendada por Damien Hirst, artista que na época desenvolvia projeto de filme com mesmo nome.

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

Em 2011 Damien Hirst criou o layout de I’m With You para Red Hot Chili Peppers.

05 – Fat Les – Who Invented Fish And Chips?

Keith Allen, Alex James e Damien Hirst

Keith Allen liderou vários projetos que exaltavam a moral britânica, como a canção “Vindaloo”, hino não-oficial da seleção inglesa para a Copa de 1998, e versão de “Jerusalem”, para a Euro Copa 2000. Alex foi baixista oficial de Fat Les, mas em “Who Invented Fish And Chips?”, de 2002, a participação foi de Dave Rowntree, na bateria. A segunda voz ficou para a então desconhecida Lily Allen, filha de Keith.

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

“… The Clash, Blur, Oasis, Beatles, The Rolling Stones, Capstan Full Strength, Navy Rum, Hipsters, Hippies, Flares, Vera Lynn and Chris Kamara…”

06 – Wigwam – Wigwam

Wigwam foi dupla formada por Alex James e Betty Boo. Eles descreviam o som como “pop experimental, mas acessível ao século 21”. Apenas um single foi lançado. Na autobiografia de 2007 Alex não mencionou o trabalho.

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

07 – Stephen Duffy – Sugar High

Músico fundador e vocalista de Duran Duran, em 1978. A formação contava com Nick Rhodes, nos teclados; John Taylor, na guitarra e Simon Colley, no baixo. No ano seguinte ele seguiu carreira solo e como quinteto a banda virou referência pop nos anos 80. Stephen Duffy também desenvolveu trabalhos como letrista. “Sugar High” foi escrita em parceria de Alex James que tocou baixo em todas as músicas do disco Duffy.

08 – Blur – Some Glad Morning

Gravada durante as tumultuadas sessões de estúdio, no Marrocos, do disco Think Tank, em 2003. No início das gravações Graham Coxon deixou o Blur. “Some Glad Morning” foi lançada dois anos depois como single exclusivo para os sócios do fã-clube oficial da banda.  

09 – Graham Coxon – Light Up Your Candles

A temática de Love Travels At Illegal Speeds é o amor e as variáveis que o sentimento permite. Lançado em 2006 é meu segundo disco preferido do cantor.

“…it’s too easy somehow, just grit your teeth and let it go
last seduction, total destruction
so what you gonna do now with the good life you have found
grin and bear it ‘til you’re six feet in the ground?

light up your candles, into the dark we go
to be a good man is all i want you know
light up your candles, ‘cos here we go

light it up now, ‘cos here we go”

10 – Graham Coxon – Ooh, Yeh Yeh

Foi o clipe de “Ooh, Yeh Yeh”, que mencionei no início, um dos motivos de ter escolhido Blur para o post desta semana. Pelas declarações recentes é impossível prever se a banda REALMENTE lançará obra inédita completa. Felizmente Graham Coxon tem lançado excelentes discos em carreira solo. Valeu Bolinha.

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

11 – The Ailerons – Bonafone

Mike Smith, o que usa óculos na foto acima, é amigo de longa data de Alex, Damon, Graham e Dave. Ele colaborou em Think Tank, nos discos de Gorillaz, e no primeiro trabalho experimental de Damon Albarn, em 2002, chamado Mali Music.

12 – Seymour – Dizzy

Quando os quatro integrantes começaram a ensaiar juntos, em 1989, a banda chamava Seymour. Assim que assinaram contrato com Food Records, subsidiária da EMI, dois executivos da gravadora apresentaram lista com sugestões de nomes. Blur foi o escolhido. A versão de “Dizzy” que está no podcast foi lançada no lado B do single Sunday Sunday, gravada durante as sessões de Modern Life Is Rubbish, mas a demo original é do período Seymour.

.
Clique aqui para baixar o podcast no formato MP3

Clique aqui para baixar o podcast no formato AAC para iPod

.
Nós, fãs, fomos surpreendidos com boas e más notícias envolvendo Blur. Três situações estão pendentes e apenas um lançamento confirmado:

PRIMEIRA: Há especulação de que a banda volte a tocar no país em um dos famosos festivais de música que acontecem no segundo semestre. A primeira vez foi em 1999 com turnê do disco 13; SEGUNDA: Em entrevista ao The Guardian Damon Albarn afirmou que a banda não lançará mais músicas inéditas e 2012 será o último dos shows; TERCEIRA: “Alguns dias eu sinto algo, outros dias sinto outra coisa.” Damon Albarn ao jornal Metro sobre o futuro de Blur. CONFIRMADO: Em 30 de julho será lançado box com todos os discos remasterizados, mais sobras de estúdio e três DVDS com apresentações ao vivo e clipes inéditos. Valeu Kazu pela dica.

.
Em julho de 2009 publiquei a primeira dose_INDIE com o Blur. Na ocasião estava sendo lançada a compilação Midlife – A Beginners Guide To Blur e havia sido anunciado o show do Hyde Park que virou DVD lançado junto com o documentário No Distance Left To Run, de 2010. Só nos resta esperar. Resolvi deixar a obra de Gorillaz fora do setlist por ser o projeto mais conhecido e de maior sucesso de Damon Albarn. Para conhecer o que já foi publicado antes clique aqui. Até sexta que vem.

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: