"descapando" discos de rock, sempre em listas top 10 | por Ziegler, Zé Mário e Lex

Posts marcados ‘La Sera’

COQUETEL

No dia 3, segunda-feira, foi publicado meu primeiro post como colaborador da Rádio UOL. Em COQUETEL, referência a simpática brochura passa-tempo, escreverei sobre bandas indie e não-indie. A proposta é encontrar relação entre suas histórias, mesmo que seja apenas pelo tema escolhido. Espero que curtam. E fica a dica: “dar a segunda” pode ser tão bom ou MELHOR que a primeira. Para ler o conteúdo na página da Rádio UOL clique aqui.

.
Let me try AGAIN

Tentar novamente não significa que a primeira vez não foi boa. Se deu certo, por que não melhorar? No mundo da música não é diferente. Tanto para o bem como para o mal as duas possibilidades acontecem com frequência. Está certo. Concordo que ocorre mais para o mal, mas ficar apenas na dúvida muda alguma coisa?

Os irmãos Jake e Orrall Jamin arriscaram. Jeff The Brotherhood foi o primeiro projeto desenvolvido pela dupla. Desde o início, em 2002, os lançamentos de seus discos foram independentes.

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

Paralelamente a isso, em 2003, com Jonas Stein, na guitarra e Jemina Pearl, no vocal, surgia Be Your Own Pet, segunda tentativa dos irmãos. O primeiro single “Damn Damn Leash” entrou para a programação da Radio One, da BBC; Be Your Own Pet, homônimo de estreia foi produzido por Steve McDonald, de Redd Kross e Thurston Moore, ex-Sonic Youth, era fã declarado.

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

Dez anos depois que começaram, em julho, Hypnotic Nights, de Jeff The Brotherhood, veio com assinatura da Warner na contracapa.

.
Agora imagine três amigas e quatro bandas. Muita coisa? Cassie Ramone, Katy Goldman e Fiona Campbell tiraram de letra. Vivian Girls é o projeto em comum.

The Babies aconteceu da parceria de Ramone com o amigo Kevin Morby, de Woods. La Sera surgiu da iniciativa de Goldman e Brady Hall, diretor de vídeo, e Couting ultrapassou as limitações geográficas. Campell é da Nova Zelândia e Madison Farmer de Memphis.

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

Atualmente Ramone e Campbell curtem férias, mas não duvido que elas já estejam preparando algumas demos para o próximo trabalho de Vivian Girls enquanto Goldman realiza turnê de Sees The Light que foi lançado em março.

.
Graham Coxon e Damon Albarn, de Blur, também tentaram. Coxon primeiro. Em 1998 ele lançou solo The Sky Is Too High.

Com o fim do britpop e dos anos 90 o passo seguinte para Blur seria explorar sonoridades. 13 realizou sonho antigo de Damon Albarn, que era soar como americano.

Antes de mais um disco, Albarn arriscou pesado em projeto inovador. Gorillaz, desenvolvido em parceira de Jamie Hewlett, foi o primeiro disco bem sucedido da história da música gravado por “banda virtual”.

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

O Marrocos foi escolhido para as sessões de Think Tank, sétimo registro de estúdio de sua banda principal. O que prometia ser realmente inspirador ficou resumido a diferenças artísticas, somadas aos problemas com álcool de Coxon. Em 2003 sua saída da banda foi a novidade não esperada por nós, fãs.

Blur continua tentando e ensaia volta definitiva desde 2009. Bem menos que o desejado, uma coisa ou outra de material inédito tem aparecido, como “Fool’s Day,” gravada em 2010 exclusivamente para Record Store Day, evento que celebra a arte da música, e No Distance Left To Run, documentário e registro de show.

Julho foi mês de duas novidades. Primeiro veio “Under The Westway,” single com “The Puritan” no lado b e depois Blur 21, caixa com toda a discográfica remasterizada, mais as sobras de estúdio, gravações inéditas, registro em vídeo de shows e clipes raros. Tudo isso para a merecida comemoração de mais de duas décadas de história. Antecipei para agosto meu presente de Natal e a minha caixa já está em casa.

Arriscar, tentar novamente não é fácil. A dúvida em agir aumenta e tem a insegurança como parceira quando o projeto principal de uma banda ou cantor solo é bem sucedido. Por outro lado quem estiver disposto a correr o risco sabe que o resultado compensará qualquer sacrifício. Não serve como fórmula de sucesso, mas estar comprometido com a ideia supera inclusive a maior dificuldade, muito usada como desculpa: a falta de tempo.

.
Lex é designer gráfico, escreve para o Dezcapas.wordpress.com, produz e apresenta a dose_INDIE há três anos e está tentando mais uma vez.

aquela da 143

No post 143 cortei na edição final a música que definia todo o setlist. Não fez diferença no resultado porque entre as que sobraram rolou um clima. Ela e algumas outras que ficaram de fora estão nesta MINI dose_INDIE.

01 – La Sera – Please Be My Third Eye

“Please Be My Third Eye” era a ESCOLHIDA. Ela que definia a pegada da dose_INDIE 143. La Sera é mais um projeto desenvolvido por Katy Goodman, baixista de Vivian Girls.

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

02 – Los Campesinos! – Broken Heartbeats Sound Like Breakbeats

Mesmo com nome em espanhol a banda é do País de Gales. A turnê de estreia foi na terra do Tio Sam, em parceria de Broken Social Scene e contou com parada em Seattle para gravar novas músicas.

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

03 – Sleeper Agent – Get It Daddy

Alex Kandel, vocalista, foi descoberta em pequena apresentação interpretando músicas de Adele. É coincidência ou depois do meio da música a voz do guitarrista Tony Smith fica parecida demais com a de Jack White?

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

04 – The Cribs – Hey Scenesters

Em 2009 durante divulgação do disco Ignore the Ignorant a banda teve guitarrista ilustre na formação. Johnny Marr, do The Smiths, tirou o ano para sair em turnê com os amigos. Bela companhia e aprendizado.

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

.
Clique aqui para baixar o podcast no formato MP3

Clique aqui para baixar o podcast no formato AAC para iPod

.
Para conhecer as edições anteriores clique aqui. Até sexta que vem.

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: