"descapando" discos de rock, sempre em listas top 10 | por Ziegler, Zé Mário e Lex

Posts marcados ‘Lollapalooza’

LOLLAPALOOZA 2013

dose_INDIE-162

Na sexta-feira começará a maratona de três dias de shows do Lollapalooza 2013. Mais de setenta atrações espalhadas em seis palcos do Jockey Club de São Paulo. Entre os principais passarão nove bandas em que faço questão de estar na plateia. Acho que estou preparado fisicamente para aguentar até domingo. Na segunda-feira saberei a resposta. Haja saúde e, acima de tudo, dinheiro para pagar oito reais por um copo de chope de 400 ml. Ainda bem que ele vem gelado.

01 – Pearl Jam – The Fixer

pearl_jam_backspacer

O fã que comprou a versão digital de Backspacer também recebeu senha para baixar duas das onze opções de apresentações ao vivo, registradas de 2005 a 2008, disponíveis no site da banda. O projeto gráfico do disco foi desenvolvido pelo cartunista Dan Perkins e demorou seis meses para ser finalizado.

02 – The Hives – Wait A Minute

the_hives_lex_hives

Lex Hives foi produzido pela própria banda. As duas músicas extras que estão na versão deluxe do disco foram escritas e gravadas em parceria de Josh Homme, do Queens Of The Stone Age. A expressão Lex Hives vem da Roma antiga, e era usada para tornar público um conjunto de leis e aceitá-las como padrão.

03 – Cake – Sheep Go To Heaven

cake_prolonging_the_magic

Prolonging The Magic foi o primeiro disco em que o vocalista John McCrea escreveu todas as letras e assumiu a produção de estúdio sozinho. O nome “Sheep Go To Heaven” foi inspirado em citação bíblica. No clipe a banda está caracterizada de KISS. Bacana a solução encontrada para a maquiagem do cinco integrante.

04 – Queens Of The Stone Age – 3’s And 7’s

queens_of_the_stone_age_era_vulgaris

A turnê de Era Vulgaris ficou conhecida como Duluth Tour. A banda pretendia passar por países e pequenas cidades por onde nunca haviam tocado, como em Duluth, no estado de Minnesota. Em agosto de 2008 aconteceu as duas últimas apresentações desta fase. Uma para o Reading Festival e a outra em Leeds. Josh Homme havia anunciado que no mês seguinte a banda entraria em estúdio para gravar disco novo. Promessa não cumprida há cinco anos.

05 – The Black Keys – Howlin’ For You

the_black_keys_brothers

Música lançada em Brother, de 2010. O clipe de “Howlin’ For You” foi dirigido por Chris Marrs Piliero, e faz paródia aos filmes de ação e vingança. Na trama sexy justiceira honra a memória de seu pai, e executa todos os envolvidos em sua morte. A trilha do “filme” é assinada por Dan Auerbach e Patrick Carney, da banda Las Teclas de Negro.

06 – Franz Ferdinand – Can’t Stop Feeling

franz_ferdinand_tonight

A capa de Tonight foi inspirada no trabalho de Weegee, pseudônimo do fotógrafo Arthur Fellig. Ele era conhecido por registrar cenas de crime e ações urbanas, nos anos 30. “Can’t Stop Feeling” era uma das músicas escolhidas para entrar no homônimo disco de estreia, mas foi substituída por “Michael”. Depois de receber novo arranjo ela foi lançada no terceiro trabalho de estúdio.

07 – The Flaming Lips – Sun Blows Up Today

the_flaming_lips_the_terror

Originalmente The Terros será lançado dia 2 de abril, e virá com nove músicas. Outras duas extras estarão disponíveis apenas via iTunes. “Sun Blows Up Today” é uma delas. The Flaming Lips está com outro disco quase pronto. Wayne Coyne e trupe estão regravando The Stone Roses, homônimo de estreia da banda inglesa. Oito das treze músicas estão prontas. Comentei com o amigo Thiago Kazu que estou ansioso para escutar as versões de “Song For My Sugar Spun Sister” e “I Am The Resurrection”.

“Sun Blows Up Today” foi usada como trilha de comercial para a Hyundai, veiculado durante a final do Super Bowl 2013. Para assistir o clipe original clique aqui.

08 – Tomahawk – Stone Letter

tomahawk_oddfellows

Tomahawk é mais um dos inúmeros projetos desenvolvidos por Mike Patton, do Mr. Bungle, do Fantomas e ex-Faith No More. A banda é completada por Duane Denison, ex-guitarrista do Jesus Lizard; John Stainer, ex-baterista do Helmet, e Trevor Dunn, ex-baixista do Mr. Bungle.

O lançamento de Oddfellows estava previsto para 2012, mas aconteceu apenas em janeiro deste ano. “Stone Letter” foi o primeiro single.

09 – Planet Hemp – Adoled

planet_hemp_os_caes_ladram_mas_a_caravana_nao_para

Depois de longo período sem tocar ao vivo, em 2010, a banda realizou para convidados única apresentação comemorativa aos vinte anos da Mtv Brasil. Em 2012 outro aniversário mobilizou os músicos, os trinta do Circo Voador, no Rio de Janeiro. Em menos de uma hora os ingressos para os três shows estavam esgotados.

Atendendo ao pedido dos fãs a banda finalmente resolveu colocar o pé na estrada, e está confirmada como uma das atrações do Lollapalooza americano que acontecerá em agosto deste ano. O lançamento de DVD com apresentação ao vivo também está no pacote. A possibilidade de disco com inéditas foi descartada.

.
Baixe o podcast em MP3, ou no formato para iPod.

.
Há grande número de bandas que participarão do Lollapalooza 2013 que não conheço. Espero ter boas surpresas. Em 2012 também preparei edição especial da dose_INDIE sobre o festival. Clique aqui e escute o podcast do Lollapalooza 2012. Para conhecer o que já foi publicado antes acesse o link. Até semana que vem.

O resto do tacho do Lollapalooza Brasil

São 50 atrações mas 99,98% querem mesmo Foo Fighters, Arctic Monkeys e Jane’s Addiction. Seria muito mais interessante (claro que somente para nós, público) se colocassem esses três e mais uns seis ou sete carinhas em um único dia e assim teriamos um festival com cara de festival bacana.

Estarei lá no dia de Grohl & Cia e espero boas apresentações, espaço adequado e transitável, organização perfeita e de bom caráter e o principal: som alto e cristalino! Tudo isso para justificar esse Lollapalooza que começara meio atravessada na garganta de muita gente.

Então já que todos conhecem as bandas âncoras do festival, vamos ver e ouvir o que nos espera lá no Jockey Club?

(Ahh… só para finalizar, mas que diabos foi essa escolha das bandas nacionais? Marcelo Nova? Plebe Rude? Cadê a oportunidade para coisas ótimas que tem de monte por ai? Tipo Violins de Goiânia, Lestics, Ecos Falsos, Walverdes, Seychelles, Autoramas…. etc… etc… PORRA, tu tá certo Lobão, foda chupar bola americana que nem redonda é.) 

1. divided by night – crystal method

Aí mano você curte Fatboy Slim e Chemical Brothers? É a mesma pegada só que mais legal. O clipe abaixo é sensacional, manja Go with the Flow do QOTSA?

***

***

2. Thank You Happy Birthday
Cage the Elephant

Nada de novo no ar, muito menos vindo desta jaula. Blogueiros reclamam que a banda é ótima mas que ainda não teve a devida mega atenção. Eu achei ok!

***

***

3. pala – friendly fires

Eu realmente gostei dos samplers, do peso e do instrumental em geral. O que tem de errado nesta banda é o vocal, não encaixou nem fodendo…

***

***

4. torches – foster the people

Trio californiano com aquele típico indiezinho pop dançante. Se o show dos caras for neste ritmo de Pumped Up Kicks (abaixo), vamos sentar no chão, tomar uma gelada e conversar sobre o reconhecimento de Designer Gráfico como profissão.

***

***

5. oracular spectacular – mgmt

Talvez esta seja a 4ª banda mais procurada do festival. São cheios de nomeações: melhor álbum de 2008 pela NME, décimo-oitavo pela Rolling Stones, indicado ao Grammy de 2010… e assim vai. Já esteve no Brasil no TIM Festival Espírito Santo em 2008 e o vídeo abaixo já perambulou pelas paradas diárias da Mtv Brasil.

***

***

6. Sounds from the Thievery Hi-Fi
Thievery Corporation

Dub + Acid Jazz + Reggae + Bossa Nova. O disco acima de 1997 é o primeiro e conta com Bebel Gilberto e outros brasileiros.

***

***

7. gogol bordello – trans-continental hustle

Gipsy Punk?? mas que whathafucka… Ucrâniano mais dois russos, um israelita, um chinês e um equatoriano formam uma banda em Nova York, e o que temos (eu tô fora) que escutar no Lolla é isso aí…

***

***

8. i feel cream – Peaches

Via Canadá,  já teve como parceiros Josh Homme e Joan Jett. Música eletrônica com performances bizarro-eróticas vindas de Berlim, onde ela mora e “cria”.

***

***

9. infinite arms – band of horses

Não há muito o que dizer sobre esses caras, e talvez por isso seja a coisa mais bacana desta lista. É tudo muito simples e direto, bons refrões… Gostei muito deste disco. Se eu chegar a tempo vou ver com gosto.

***

***

10. Nine Types of Light – tv on the radio

Em 2006 eles conseguiram o grande feito (pelo menos para mim) de fazer David Bowie sair da toca e soltar a voz. É visivel a enorme influência do inglês nas composições da banda.

***

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: