"descapando" discos de rock, sempre em listas top 10 | por Ziegler, Zé Mário e Lex

Posts marcados ‘Mama Said’

Rock in Rio 2011

Quando tive essa brilhante ideia (hein??) de montar um blog dedicado às capas de discos, logo me veio a mente os festivais que aconteceriam durante esse ano no Brasil: Rock in Rio, SWU e Planeta Terra. E eles serviriam de pretexto para posts bacanas dedicados as bandas participantes. Então vamos ao primeiro: o tal mal falado Rock in Rio.

Considerando apenas o palco principal, batizado de palco mundo, temos a soma de 35 atrações. Dessas podemos considerar umas 20 como merecedoras de participar de um festival que leva o nome Rock no teu nome.
E entre estes vinte artistas eu particularmente perderia o meu tempo com umas cinco. Ou seja, daria para fazer um Rock in Rio só de um dia!! Mas não daria para fazer um post de 10 capas!! rs
Mas para salvar o meu dia me esforcei e diminui meu grau de exigência, e assim consegui chegar nas 10 melhores capas de discos das bandas do Rock in Rio 2011. Vamos a elas!!

(talvez Lex e Zé Mário façam também um post dedicado ao festival (ou não) e tenham uma maior compaixão com o evento)

1. Steal this Album – System of a Down

O número um do post é o número um não por ter a capa mais legal, e sim por não ter capa!! O disco era vendido assim: apenas a bolacha simulando uma mídia virgem dessas que você compra na Santa Ifigênia e depois escreve a mão.

2. Ace of Spades – Motörhead

É a melhor banda no Rock in Rio. Dos melhores shows que já vi ao vivo, eles também estão lá. E este disco/capa com certeza é uma das minhas prediletas. Tem esse visual bangue-bangue mexicano e foge das tradicionais capas da banda com seu mascote.

3. Goodbye Yellow Brick Road – Elton John

Meu pai tinha esse compacto (vinil single com duas músicas) em casa. E ainda moleque de tudo eu adorava a capa e logo depois me apaixonei pela canção. Não consegui achar na internet o mesmo exemplar que eu tinha, mas essa oficial do single inglês também é ótima.

4. Lies – Guns n´Roses

A banda de um homem só. Possui em sua discografia apenas 6 álbuns de estúdio, lançados em incríveis 26 anos de estrada. São poucas mas sempre bem interessantes, a escolhida por exemplo imita uma capa de jornal com as músicas como manchetes.

5. When it’s All Over We Still Have to Clear Up – Snow Patrol

Só acaba quanto termina. Será o fim para este garotinho? A foto é belíssima.

6. A Rush of Blood to the Head – Coldplay

A arte da capa foi concebida pelo fotógrafo e artista plástico Solve Sundsbo e foi originalmente feita para uma capa de revista. Chris Martin curtiu e pediu autorização para estampar o segundo álbum da banda.

7. Travelling Without Moving – Jamiroquai

É o terceiro disco da banda britânica de acid-jazz-pop. E assim como os anteriores traz na capa já o tradicional bufallo man. Desta vez, o “bonequinho” imita o conhecido emblema da Ferrari.

8. Load – Metallica

Este disco marca a grande mudança do Metallica, antes thrashers, agora queridinhos do rock. Na capa: sangue bovino + sêmen do próprio autor Andres Serrano. O tradicional logo pontudo da banda também mudou e o visual dos rapazes ficou mais pop gótico. E a música não era mais a mesma.

9. Mama Said – Lenny Kravitz

Segundo disco do cara e uma capa bem fiel ao som apresentado no disco. Um rock dançante misturado com soul e muitas guitarras.

10. I’m With You – Red Hot Chilli Peppers

Logo de cara já digo que não gosto de Red Hot. Sempre achei uma banda mais do mesmo e em alguns casos pop demais para configurar entre as grandes bandas de rock. Não sou conhecedor da obra dos caras e por isso passeando rapidamente pelas capas me deparei com esta que é o seu mais recente lançamento. Um mosquito pousado sobre uma pílula. O que isto significa? Nada, é apenas arte!.. palavras do vocalista Anthony Kiedis

Extra

E para fechar o post, um video. E o escolhido foi o projeto Mondo Cane de Mike Patton, que se apresentou com a Orquestra de Heliópolis no palco secundário cantando pérolas da musica italiana. Mais uma prova de que o festival mandou muito mal na escolha de seus artistas, já que até agora o melhor que aconteceu nem foi no palco principal.

Anúncios

Slash e Lenny Kravitz

Não é difícil um músico ter maior destaque que o restante de sua banda, mesmo ela sendo bem sucedida. Outra situação bem corriqueira é o artista participar de parcerias. O post é dedicado a Slash e Lenny Kravitz que, além de suas bandas/ carreira solo, também participam de projetos com amigos. Em 1991 aconteceu encontro entre ambos, mas isso será comentado apenas no item nove.

 1. Guns N’ Roses – Appetite For Destruction – 1987

Concordo com Zig que escreveu no post Proibidas Do Rock: “Slash e banda estavam com apetite de destruição no disco de estréia.”

“…cars are crashin’ every night
I drink n’ drive everything’s in sight
I make the fire
but I miss the firefight
I hit the bull’s eye every night
It’s so easy
when everybody’s tryin’ to please me baby…”

2. Michael Jackson – Give In To Me – 1991

Mais uma ocasião em que The King Of Pop convida guitarrista consagrado para suas músicas. O mesmo aconteceu em 1982 quando Eddie Van Halen gravou o solo de “Beat It”. Reza lenda que o próprio pediu para seu nome não entrar nos créditos e que ele não cobrou cachê pelo trabalho. Tudo em nome da brodagem.

3. Slash’s Snakepit – It’s Five O’Clock Somewhere – 1995

Após turnê de Use You Illusion, Axl Rose direcionou o som do Guns para o rock industrial. Slash estava na pegada Led Zeppelin e Aerosmith. Slash’s Snakepit surgiu da constante divergência artística com o antigo parceiro de banda.

4. Slash’s Blues Ball – 1996

Foto NÃO oficial

O projeto surgiu quando Slash foi convidado a participar de festival de blues, em Budapeste. A banda era formada por Teddy Andreadis, vocal e teclados; Johnny Griparic no baixo; Alvino Bennet na bateria; segundo guitarrista Bobby Schneck e Dave McLarem no saxofone. Oficialmente não há registro de estúdio.

5. The Strokes – Someday – 2001

Neste caso a parceria foi apenas em vídeo.

6. Velvet Revolver – Contraband – 2004

A banda começou com jam session realizada por três ex-Guns N’ Roses: Duff McKagan, baixo; Matt Sorum, bateria e Slash. Eles perceberam que a química de palco continuava forte. Dave Kushner, que tocou com Dave Navarro, e Scott Weilland entraram para o time. Desde 2008 Weilland voltou para o Stone Temple Pilots e Velvet Revolver procura novo vocalista.

7. The Beatles – Let It Be – 1970

Em 2005, durante entrega do Grammy, verdadeira CONSTELAÇÃO formada por Bono, Steve Wonder, Brian Wilson, Alicia Keys, Steve Tyler, Billie Joe Armstrong, entre outros, interpretou “Across The Universe.”

8.1. Madonna – Justify My Love – 1990

Música e letra escritas por Lenny Kravitz e inicialmente oferecida à Paula Abdul. Madonna beija na boca a modelo brasileira Luciana Silva. O clipe foi banido da programação da MTV americana, forçando a Warner a lançá-lo em VHS, como video single. Resultado? Mais de um milhão de unidades vendidas.


“poor is the man whose pleasures depend on the permission of another”

8.2. Madonna – Ray Of Light – 1998

Como parte das apresentações ao vivo, para o Video Music Awards da Mtv, exibido no mesmo ano de lançamento do disco, Lenny Kravitz tocou guitarra.

9. Lenny Kravitz – Mama Said – 1991

O disco é considerado retro rock. Jimi Hendrix e Sly Stone são as referências. As músicas carregam energia. No mesmo período o cantor passava por processo de divórcio. “Always On Th Run” foi escrita, gravada e filmada com Slash.

“…and my mama always said
that it’s good to be fruitful
and my mama always said
don’t take more than a mouthful
and my mama always said
that it’s good to be natural
and my mama said
that it’s good to be factual…”

10. Mick Jagger – Goddess In The Doorway – 2001

O que foi escrito, no lançamento, sobre Goddess In The Doorway: “brilhante, impecavelmente produzido, músicas rock’ n’ roll e dançantes.”

.
Não sou FÃ FERVOROSO de Guns N’ Roses mas respeito o conjunto da obra. Se Axl Rose resolver retomar a veia rock’ n’ roll e deixar o industrial de lado, Slash disse que esquece todas as diferenças artísticas do passado e reinicia parceria. Axl não fez declaração alguma sobre o assunto. Até quarta que vem.
.
Para ler as edições anteriores clique aqui.

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: