"descapando" discos de rock, sempre em listas top 10 | por Ziegler, Zé Mário e Lex

Posts marcados ‘Scott Weiland’

COQUETEL

Na segunda-feira, dia 11, foi publicado mais um post que assino como colaborador para a Rádio UOL. Em COQUETEL deste mês escrevi sobre levar cartão vermelho. Espero que curtam. Para ler o conteúdo na página da Rádio UOL clique aqui.

cartão VERMELHO

Quando a falta é grave o juiz levanta o braço, e não tem volta. O jogador foi expulso. Levar cartão vermelho não está restrito apenas ao mundo do esporte. Ações e pensamentos que discordam do consenso coletivo também completam a ideia de exclusão. Embora não seja fácil, manter a serenidade pode evitar a prática de injustiça. Se chegar ao ponto em que as opções de entendimento foram esgotadas, acabou o diálogo. A expulsão é mais que merecida. .

stone_temple_pilots

1° Tempo.
Scott Weiland levou cartão vermelho em 27 de fevereiro. O ex-vocalista do Stone Temple Pilots soube que foi demitido pela imprensa. Em nota divulgada no site oficial os demais músicos não explicaram os detalhes da decisão. Curiosamente um dia antes, em entrevista a revista Rolling Stones, o cantor declarou que os quatro integrantes eram como uma grande família.

Assim que soube da novidade Weiland escreveu resposta pelo Facebook. Afirmou que estava supresso em ser demitido da banda que fundou, liderou e que escreveu alguns de seus maiores sucessos. Até a solução do perrengue seu advogado terá muito trabalho pela frente.
.

morrissey_with_cat

2° Tempo.
Em janeiro Morrissey foi hospitalizado para tratamento de úlcera hemorrágica chamada Síndrome de Barrett, doença em que ocorrem alterações nas células da porção inferior do esôfago. Boa parte da turnê americana foi cancelada por causa do tratamento. A volta aos palcos seria em apresentação ao vivo no programa de Jimmy Kimmel, em 26 de fevereiro. Quando o cantor soube quem seriam os demais convidados da noite assumiu a posição de juiz e levantou o cartão vermelho. O elenco de Duck Dynasty seria entrevistado por Jimmy. O programa aborda história de família que produz material para caça de pato selvagem.

Morrissey é vegano, filosofia de vida e postura política que elimina o uso de produtos de origem animal, e também é ativista do Peta, People for the Ethical Treatment of Animals. A imagem do cantor com gato na cabeça, usada na divulgação da turnê que passou pelo Brasil em 2011, foi publicada originalmente na capa do jornal inglês The Guardian. Na ocasião ele declarou: “…the Chinese are a subspecies…” por causa dos maus tratos aos animais.
.

spike_lee_django_unchained_quentin_tarantino

Prorrogação.
Antes de ser lançado, Spike Lee declarou que não assistiria Django Unchained por considerá-lo falta de respeito à memória de seus ancestrais roubados da África. A escravidão americana foi holocausto e ele iria honrá-los. Mesmo propondo boicote, Quentin Tarantino afirmou que não iria perder tempo respondendo as provocações do colega cineasta. Primeiro cartão amarelo para Lee.

Jamie Foxx, protagonista do filme, defendeu a produção em entrevista ao The Guardian: “Qual é a de Spike Lee? Ele não gosta de Whoopi Goldberg, de Tyler Perry, ele não gosta de ninguém. Antes de falar mal ele deveria ver o filme. Spike é um diretor fantástico, mas se torna mesquinho ao atacar seus colegas sem acompanhar o trabalho que está sendo feito. Para mim, isso é irresponsável.” Segundo amarelo. CARTÃO VERMELHO, Spike.

quentin_tarantino_oscar_2013

Django Unchained foi premiado com duas estátuas do Oscar, em fevereiro. Uma delas por Melhor Roteiro Original, entregue a Quentin Tarantino. Ele declarou que a história era para provocar o debate sobre a escravidão, e que o tema ainda é doloroso e evitado. O cineasta revelou também que recebeu elogios de fãs espalhados por todo o mundo. E de colegas de profissão, não? O gato comeu a língua de Spike Lee?

.
Se procurarmos o significado de livre-arbítrio encontraremos opções como: possibilidade de decidir, escolher em função da própria vontade, isento de qualquer condicionamento, motivo ou causa determinante, definições que em nada combinam com apatia, radicalismo e arrogância. A condescendência é um sentimento nobre. A obstinação excessiva emburrece.

.
Lex, Leandro Borghi, é designer gráfico, produz e apresenta a dose_INDIE há 4 anos, publicada semanalmente no dezcapas.wordpress.com.

Anúncios

Então é Natal…

10 capas natalinas. por Ziegler

Já está de saco cheio de ouvir Simone e John Lennon com seus hits natalinos? Então prepare o kit gillete por que eles não foram os únicos a embarcarem no trenó do Noel. Tradição em terras americanas, muitos artistas lançaram seus discos especiais de Happy Christmas, tem Elvis, Hendrix, Cash, Bob Dylan e os mais recentes The Killers e Scott Weiland.

Ho..ho..ho

* * *

1. Happy Xmas – John Lennon

Ele foi assassinado pela segunda vez quando a Simone resolveu fazer sua versão para “So this is Christmas, and what have you done…”

* * *

2. Merry Christmas and Happy New Year
Jimi Hendrix

Sinceramente eu nunca tinha imaginado isso, o deus da guitarra e uma canção intitulada Três Ursinhos. É o espirito de Natal!

* * *

3. Christmas in the Heart – Bob Dylan

Apesar de ser ateu, Dylan lançou seu primeiro disco natalino em 2009 e traz canções como The First Noel e Here Comes Santa Claus. Até tu Bob??

* * *

4. Elvi’s Christmas Album – Elvis Presley

Primeiro dos quinze discos (coletâneas, duetos, não-oficiais) de Natal que Elvis gravou. Com a famosa Silent Night (Noite Feliz) alcançou o número 1 da parada Billboard em 1957.

***

5. The Most Wonderful Time of the Year
Scott Weiland

O que este cidadão está fazendo aqui? Pois bem, ele também lançou seu disco especial de fim de ano. Nosso ex-atual Stone Temple Pilots canta com toda a alegria do mundo que o Natal é a época mais maravilhosa do ano!! O disco foi lançado agora em 2011 com um especial de 24 horas onde Scott tocou o disco repetidamente até a chegada do Natal. Foda isso, hein?!

***

6. Christmas Album – The Jethro Tull

Ian Anderson disse: “Minha filha Gael, como milhões de desafortunados, faz aniversário exatamente no dia do Natal. Obscurecidos por essa ocasião, alguns aniversários passam em branco, sem celebração. A festa do natal é tamanha que consegue apagar até mesmo o aniversário de um tal J. Cristo. Engraçado esse 25 de dezembro…”

***

7. No Presents for Christmas – King Diamond

Ao invés de neve ele jogou merda no ventilador do Natal. É o seu primeiro single depois do fim da banda Mercyful Fate

***

8. (Red) Christmas EP – The Killers

RED é um produto/marca criada por Bono Vox e Bobby Shriver com o intuito de engajar o setor privado na sensibilização e fundos para ajudar a eliminar a AIDS na África. Desde 2006 o The Killers lança um single (EP) especial de Natal.

***

9. Christmas with Johnny Cash – Johnny Cash

Além dos clássicos natalinos e canções populares, aqui Cash também escrevia suas próprias músicas para o tema. E de todos os discos que vimos até agora, este tem a capa mais bacana!!

***

10. Funky Christmas – James Brown

Gravar discos de Natal é barbada, quero ver reinventar o tema e criar algo como Papai Noel vai para o gueto. Sensacional!

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: