"descapando" discos de rock, sempre em listas top 10 | por Ziegler, Zé Mário e Lex

Posts marcados ‘the brian jonestown massacre’

4 anos

dose_INDIE_161

dose_INDIE 4 anos. 161 edições e muita música para contar. Confesso que produzir algo relevante toda semana não é tarefa fácil, mas é absurdamente prazeroso. Só depois que a setlist está definida, que os textos sobre as bandas foram escritos e que os vídeos estão editados, bate a sensação de dever cumprido. Tudo começou em 6 de março de 2009 no saudoso Sete Doses, e continuará enquanto durar o tesão. A “festa” de hoje é introspectiva. Traje obrigatório: fone de ouvido.

01 – Milk Maid – Your Neck Around Mine

milk_maid_mostly_no

Banda de Manchester liderada por Martin Cohen, ex-baixista de Nine Black Alps. Com o novo projeto a guitarra virou sua parceira. Antes de Mostly No ser gravado as músicas foram testadas em pequenas apresentações ao vivo. Durante as sessões que aconteceram em seu estúdio caseiro, Cohen registrou sozinho boa parte dos instrumentos.

02 – Mac Demarco – She’s Really All I Need

mac_demarco_rock_and_roll_night_club

Em 2012, quando chegou a Montreal, Mac DeMarco precisou de duas fontes de renda extra para continuar com a carreira de musico. Uma delas foi como cobaia em experiências médicas. A outra foi pavimentando rodovias. O elogiado EP Rock And Roll Nightclub, lançado no mesmo ano, foi fruto deste esforço e garantiu a Mac contrato com grande gravadora.

03 – Sic Alps – Cement Surfboard

sic_alps_napa_asylum

Matt Hartman e Mike Donovan eram amigos de longa data e tocavam em projetos diferentes quando resolveram gravar algumas demos juntos. Em 2010, Sic Alps foi uma das bandas que participou do festival All Tomorrow’s Parties, evento que teve curadoria e que oficializou a volta do Pavement.

04 – Fidlar – LDA

fidlar_fidlar

As primeiras demos dos irmãos Max e Elvis Kuehn foram gravadas ainda na época do high school. Eles são filhos de Greg Kuehn, da banda punk T.S.O.L.. Zac Carper e Brandon Schwartzel completam a formação de Fidlar. Além de manter perfil no MySpace a banda prioriza a atualização do canal no YouTube. Fidlar, homônimo de estreia, foi lançado em 22 de janeiro deste ano, por coincidência o mesmo dia do meu aniversário.

05 – Ganglians – My House

ganglians_daytrotter_series

Originalmente “My House” foi lançada no disco Still Living. A versão que está no podcast foi registrada para a Daytrotter Vinyl Series, idealizada pelo site Daytrotter, de Illinois. A iniciativa, aprovada pela crítica especializada, tem sido comparada as famosas Peel Sessions, realizadas pelo lendário DJ John Peel, da BBC Radio One.

06 – Ducktails – Art Vandelay

ducktails_arcade_dynamics

Matthew Mondanile formou Ducktails paralelamente a Real State, sua banda principal. A ausência de sintetizadores foi o grande diferencial de Ducktails III: Arcade Dynamics comparado aos lançamentos anteriores. Baixo, guitarra e bateria foram contemplados. Destaque para “Art Vandelay”.

07 – The Hentchmen – (Cryin’ Just Like) Otis

the_hentchmen_motorvatin

Na ativa desde 1992, The Hentchmen surgiu em Detroit e nunca abandonou suas referências que são as bandas dos anos 60. A formação atual conta com Johnny Volare, nos teclados; Tim V. Eight, na guitarra e Mike Audi, na bateria. Antes do The White Stripes, Jack White foi o segundo guitarrista.

08 – The Brian Jonestown Massacre
Yeah Yeah

the_brian_jonestown_massacre_my_bloody_underground

A banda disponibilizou as demos de My Bloody Underground, no site para audição, antes do lançamento oficial. O disco terminou com hiato de cinco anos sem inéditas. O nome faz referência ao My Bloody Valentine e Velvet Underground.

09 – Monday Night Recorders With Jack Logan
I Recognize You

monday_night_recorders_natures_assembly_line

Jack Logan iniciou carreira artística como escritor. Nos anos 80 ele lançou duas revistas em quadrinhos em que Peter Buck, do REM, era um super-herói. Buck retribuiu a gentileza ajudando o amigo em suas primeiras gravações. Nature’s Assembly Line demorou um ano para ser gravado o que resultou em 94 músicas inéditas, em 2003. 15 foram escolhidas para o disco.

10 – Blank Dogs – Open Shut

blank_dogs_under_and_under

Blank Dogs é o projeto desenvolvido pelo multi instrumentista Mike Sniper. Under And Under, disco de estreia, foi lançado após série de singles independentes e planejado para ser vinil duplo. The Vivian Girls e Crystal Stilts colaboraram nas sessões de estúdio.

11 – Box Elders – Necro

box_elders_alice_and_friends

A primeira formação de Box Elders foi, no mínimo, inusitada. Incluía os irmãos Jeremiah McIntyre, guitarra e vocal; Clayton McIntyre, baixo e vocal; e a mãe dos dois na bateria. Antes de gravarem o primeiro single ela foi substituída por Dave Goldberg que realiza a proeza de tocar bateria e teclado ao mesmo tempo. Confira sua habilidade na apresentação abaixo.

12 – Tough Knuckles – Downtown Girl

tough_knuckles_tough_knuckles

A melhor definição para Tough Knuckles é one-man lo-fi project, em que Ernest Greene atende pelo nome artístico Washed Out. Durante os intervalos de gravação do disco Greek Jazz, Greene aproveitou para revisitar a obra de Guided By Voices.

.
Baixe o podcast em MP3, ou no formato para iPod.

.
Atrasei alguns dias para publicar o podcast dos 4 anos da dose_INDIE porque naquela semana tive um sério problema doméstico para resolver, e não estava em clima de festa. Agora tudo voltou ao seu ritmo e “vamos pra vida.” Para conhecer o que já foi publicado antes clique aqui. Até semana que vem.

ROLOU um clima

A ideia que defino para cada podcast, às vezes, muda de última hora quando escuto todas as músicas selecionadas e percebo a relação entre elas. Essa semana a mudança foi radical tanto que a escolhida para ser a principal, a que definiria a pegada das demais foi cortada na edição final. Sempre separo pelo menos o dobro de material que é publicado e entre as doze desta dose_INDIE rolou um clima.

01 – Spectrals – Big Baby

Spectrals é projeto one man band de Louis Jones. Para gravação do disco de estréia, Bad Penny, ele contou com ajuda de seu irmão caçula na bateria e durante turnê americana, em parceria de Girls, houve necessidade de chamar outros músicos e montar banda completa.

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

02 – Aias – Quan Tornis Demà

Trio de Barcelona formado por guitarra, baixo e bateria. O diferencial é que todas as meninas cantam. A maior inspiração no início foi show de Vivian Girls no festival Primavera Sound, em 2009. No ano seguinte elas se isolaram em pequena aldeia da Catalunha para gravar A La Piscina.

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

“… quan tornis demà, tot haurà canviat
si et quedes aquí, no ens farem mai grans…”

03 – White Fence Featuring Ty Segall
I Can’t Get Around You

O primeiro semestre deste ano foi altamente produtivo para a banda. Em abril foi lançado Family Perfume Volume 1, com catorze músicas. Family Perfume Volume 2 com mais 15 inéditas chegou em maio. E no intervalo entre um e outro veio Hair escrito e gravado em parceria de Ty Segall.

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

 04 – The Brian Jonestown Massacre – Who?

Assumidamente o nome The Brian Jonestown Massacre foi escolhido em tributo ao lendário guitarrista dos Rolling Stones. Os registros dos anos 60 de Mick Jagger e trupe foram as referências para Take It From The Man!

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

05 – Yuck – Get Away

A pré-produção de Yuck, homônimo disco de estréia da banda inglesa, foi caprichada. Vaughan Oliver que já desenvolveu trabalhos para Pixies, The Breeders e tinha a gravadora 4AD como parceira desenvolveu o layout de capa. A rotina de estúdio ficou por conta de Alan Moulder que gravou com My Bloody Valentine, Jesus And Mary Chain, Ride, Smashing Pumpkins, Nine Inch Nails, entre outros.

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

06 – Young Prisms – Feel Fine

Quinteto de São Francisco que contava com Jason Hendardy no vocal e guitarra. Depois que o disco de estréia foi lançado em 2011 ele saiu da banda e coube a Ashley Thomas a função de líder. A trilha dos intervalos de gravação de Friends For Now foi Daydream Nation, de Sonic Youth.

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

07 – Darker My Love – Helium Heels

Os integrantes são amigos desde a época do high school, e Darker My Love era projeto paralelo porque cada um tocava em banda diferente. A química de palco aconteceu quando escreveram e tocaram algumas músicas juntos .

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

08 – Bearsuit – Princess You’re A Test

Os apresentadores da Radio 1, incluindo John Peel, ajudaram a divulgar a banda no início. Os instrumentos tradicionais, como guitarra, baixo, bateria e sintetizadores também foram acompanhados de violino, flauta e corneta.

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

09 – No Joy – You Girls Smoke Cigarettes

As guitarristas e vocalistas Jasmine White Glutz e Laura Lloyd trocaram algumas letras por email enquanto uma morava em Los Angeles e a outra em Montreal. Com o tempo Jasmine mudou para o Canadá e os primeiros shows foram em parceria de Best Coast. Depois de pronto Ghost Blonde, disco de estréia, foi mixado por Sune Rose-Wagner, de Raveonettes.

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

10 – Frankie Rose And The Outs
That’s What People Told Me

Antes de desenvolver projeto solo Frankie Rose tocou bateria no disco de estréia de Vivian Girls e escreveu a letra de “Where Do You Run To”, fez parte de Crystals Stilts e colaborou em gravações ao vivo de Dum Dum Girls.

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

11 – Coasting – Starts And Stays

A vocalista Madison Farmer é de Memphis e sua preferência musical é a surf music. A baterista Fiona Campbell é da Nova Zelândia. A dupla está radicada em Nova Iorque e a sonoridade remete ao Best Coast que tocará na edição 2012 do Planeta Terra, em São Paulo.

12 – Radiation City – The Color Of Industry

O nome Radiation City foi escolhido como se a música da banda fosse o único registro sonoro que houvesse sobrado na terra depois de uma catástrofe nuclear. Trágico e exagerado, não?

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

.
Clique aqui para baixar o podcast no formato MP3

Clique aqui para baixar o podcast no formato AAC para iPod

.
Quando a música que até então definia esse setlist entrar em um dos futuros podcasts aviso para lembrarmos a situação desta semana. Para conhecer as edições anteriores do Dez Capas e dose_INDIE clique aqui. Até sexta que vem.

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: